Realizou-se hoje, dia 5, a quarta reunião plenária da Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, presidida pelo Chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) e Presidente da Comissão, Dr. Chui Sai On. Nesta reunião, foi efectuada uma retrospectiva dos trabalhos realizados e dos avanços obtidos na construção da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, desde o quarto trimestre de 2018 até à presente data, bem como a organização dos trabalhos e das perspectivas para o futuro. 

O Dr. Chui Sai On reiterou que este ano é o 70º aniversário da implementação da República Popular da China, o 20º aniversário do retorno de Macau à Pátria e o 1ºano da implementação das Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau. Perante o novo enquadramento de cooperação e de desenvolvimento regional da nova era, Macau, enquanto Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, tem-se confrontado com oportunidades sem precedentes de desenvolvimento. Para uma melhor articulação com o planeamento global do país, o Governo da RAEM, com base no Plano Quinquenal de Desenvolvimento da RAEM, elaborou um estudo em anexo sobre a participação de Macau na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, no qual se identificaram as principais tarefas a serem realizadas nas diferentes áreas em que se desenrola a participação da RAEM na construção da Grande Baía, incluindo a programação relacionada com a construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, de forma a melhor definir a posição e a missão da RAEM. O Dr. Chui Sai On exortou os membros da Comissão a envidarem todos os esforços para desempenhar um papel coordenador da Comissão e desenvolverem os trabalhos com base na posição e missão definidas por Macau, acelerando a construção da plataforma, no sentido de obter novos êxitos através das novas oportunidades da nova era. Desse modo, Macau conseguirá integrar-se melhor nas estratégias de desenvolvimento e no enquadramento global do Estado e aumentar os sentimentos de participação e de realização dos cidadãos locais, ao longo da construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, beneficiando as diversas classes sociais de Macau com os frutos da construção da plataforma.

Vários trabalhos estão a ser desenvolvidos de forma ordenada para a construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa

O Secretário para a Economia e Finanças da Região Administrativa Especial de Macau e Vice-Presidente da Comissão, o Dr. Leong Vai Tac, na sua intervenção, revelou que, desde a sua criação, em 2016, a Comissão tem promovido activamente a construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, alcançando progressos faseados na implementação do consenso obtido na 5.ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) e na coordenação activa com as 18 novas medidas sobre a cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Entre estes, a Federação Empresarial da China e dos Países de Língua Portuguesa já foi registada em Macau e foram desenvolvidos os seus trabalhos progressivamente, a construção da Base de Formação de Quadros Qualificados Bilingues em Chinês e Português tem sido promovida continuadamente e a conclusão das obras da 1.ª fase do Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa prevendo-se para o final do ano. No futuro, sob a orientação das Linhas Gerais, Macau irá acelerar a sua integração no enquadramento de desenvolvimento do país e envidar os esforços para alcançar um novo desenvolvimento e novos êxitos na construção da plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, assim como irá empenhar-se nos trabalhos preparatórios para a realização da 6.ª Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), marcada para o próximo ano, elevando ainda mais a posição de Macau no desenvolvimento económico nacional e na política de abertura do país.

A Presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), Dr.ª Irene Va Kuan Lau, reiterou que, em 2018, o volume total do comércio entre a China e os Países de Língua Portuguesa registou um aumento de 25,2% relativamente a 2017. Foram também constatados acréscimos de 25% no valor das trocas comerciais entre Macau e os países lusófonos no período homólogo, o que demonstrou que Macau desempenhou, de forma satisfatória, o seu papel enquanto plataforma de promoção para o crescimento comercial. A Dra. Irene Va Kuan Lau revelou ainda que irá organizar uma delegação de profissionais para visita ao Brasil no quarto semestre do ano, com vista ao intercâmbio com os profissionais locais, como advogados, e estabelecer canais de cooperação, possibilitando que às empresas brasileiras que tencionam entrar no Interior da China, bem como às homólogas chinesas que pretendem explorar o mercado brasileiro, os serviços jurídicos e outros profissionais de Macau, para expandir os seus negócios.

Além disso, a Presidente Substituta da Autoridade Monetária de Macau (AMCM), Dr.ª Ng Man Seong, a Directora Substituta da Direcção dos Serviços do Ensino Superior, Dr.ª Sílvia Ribeiro Osório Ho, a Presidente do Instituto Cultural, Dr.ª Mok Ian Ian, o Director da Direcção dos Serviços de Economia (DSE), Dr. Tai Kin Ip,a Coordenadora do Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, Dr.ª Teresa Mok Iun Lei, a Assessora do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças e Presidente do Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong e Macau, Dr.ª Lu Hong, apresentaram respectivamenteos trabalhos já desenvolvidos em áreas como finanças, economia e comércio, educação, cultura e medicina tradicional chinesa. A reunião contou ainda com a presença da Chefe do Gabinete do Chefe do Executivo, Dr.ª O Lam, da Chefe do Gabinete da Secretária para a Administração e Justiça, Dr.ª Iao Man Leng, da Chefe do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças, Dr.ª Teng Nga Kan, do Chefe do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Dr. Ip Peng Kin, do Subdirector-geral dos Serviços de Alfândega, Dr. Vong Man Chong, do Presidente do Conselho de Administração do Instituto para os Assuntos Municipais, Dr. José Maria da Fonseca Tavares, da Directora da Direcção dos Serviços de Turismo, Dr.ª Maria Helena de Senna Fernandes, do Director da Direcção dos Serviços de Finanças, Dr. Iong Kong Leong e do Secretário-geral da Comissão e Director do Departamento de Promoção Económica e Comercial com os Mercados Lusófonos do IPIM, Dr. António Lei.

O Chefe do Executivo e Presidente da Comissão, Dr. Chui Sai On, presidiu a quarta reunião da Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa

O Chefe do Executivo e Presidente da Comissão, Dr. Chui Sai On, presidiu a quarta reunião da Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa

O Chefe do Executivo e Presidente da Comissão, Dr. Chui Sai On, presidiu a quarta reunião da Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa

O Chefe do Executivo e Presidente da Comissão, Dr. Chui Sai On, presidiu a quarta reunião da Comissão para o Desenvolvimento da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa