Localizada no cruzamento entre o Rio das Pérolas e o Mar da China Meridional, a Ilha de Hengqin (Ilha da Montanha) adquire a forma de um velho violino chinês, conforme conta uma bonita e velha lenda. Num dia repleto de sol, no verão de 2009, na margem ocidental do estuário do Rio das Pérolas, foi dado início à majestosa canção de grande desenvolvimento.

Em 14 de Agosto de 2009, o Conselho de Estado da República Popular da China aprovou o Plano de Desenvolvimento Geral de Hengqin, nos termos do qual, a ilha de Hengqin foi posicionada como um área de demonstração do novo modelo de cooperação entre a Província de Guangdong, Hong Kong e Macau, dentro do princípio de “um país, dois sistemas”, mediante o aprofundamento da reforma, abertura ao exterior e promoção da inovação tecnológica, tudo isto no intuito de promover uma nova plataforma para o desenvolvimento da margem ocidental do estuário do Rio das Pérolas.

Em 14 de Julho de 2011, o Conselho do Estado aprovou oficialmente a nova estratégia da implementação de uma política inovadora em Hengqin que seja ainda mais especial do que as outras zonas económicas especiais da China. Hengqin tornou-se, portanto, numa área especial com características muito especiais, mesmo entre as outras zonas especiais do Interior da China.

Em menos de três anos, a Nova Área de Hengqin atraiu investimentos da ordem dos 120 mil milhões de Yuan (CNY). Dos 23 projectos de grande envergadura, 16 foram já firmados. As obras de infra-estruturas municipais, no valor de 13,5 mil milhões de Yuan (CNY) encontram-se a avançar satisfatoriamente. De referir que, as obras do novo campus da Universidade de Macau foram praticamente concluídas em finais de 2012.

Virada para o mar e a pouca distância de Macau, a Ilha de Hengqin encontra-se prestes a aguardar os músicos provenientes de todas as partes, para entoarem a majestosa canção de criação em conjunto de um novo e harmonioso lar para o povo chinês.

A linda Ilha de Hengqin
Hengqin é a maior ilha do Município de Zhuhai, cobrindo uma área de 106,46 quilómetros quadrados. Fica muito próxima das três ilhas que compõe Macau.  De acordo com a história, Hengqin terá sido o campo de batalha de uma guerra decisiva na Dinastia Song. A ilha é famosa pelas suas ostras, grandes, gordas, brancas e crocantes.

Toda a ilha é cercada por plantas e rodeada por pedregulhos panorâmicos. O seu eco-sistema encontra-se intacto, com rica marinha e flora. Em Hengqin, a brisa é suave e as garças voam em forma de ponta de flecha.

Estratégia nacional
14 de Agosto de 2009 – O Conselho do Estado da República Popular da China aprovou o Plano de Desenvolvimento Geral da Ilha de Hengqin

16 de Dezembro de 2009 – Foi oficialmente estabelecida a Nova Área de Hengqin

20 de Dezembro de 2009 – O Presidente Hu Jintao, na sua visita de inspecção a Mingque (em Hengqin), salientou que o desenvolvimento da Ilha de Hengqin constituiu uma estratégia importante para o país.

10 de Setembro de 2005 – o Primeiro-Ministro Wen Jiabao inspecciou Hengqin

9 de Janeiro de 2009 – O Vice-Presidente Xi Jinping efectuou uma visita de inspecção a Hengqin

18 de Dezembro de 2009 – Visita de inspecção a Hengqin do então Vice Primeiro-Ministro Li Keqiang.

Planeamento Geral
Três principais posicionamentos
•Área de demonstração para a exploração do novo modelo de cooperação no âmbito de “um país, dois sistemas”

•Área-piloto para o aprofundamento da reforma, da abertura ao exterior e para a inovação tecnológica

•Nova plataforma para impulsionar o upgrading das indústrias da região da margem ocidental do estuário do Rio das Pérolas

Sete principais indústrias
Lazer e turismo, serviços comerciais, serviços financeiros, indústrias culturais e criativas, medicina tradicional chinesa e de preservação de saúde, pesquisa e desenvolvimento de tecnologia e educação, e nova e alta tecnologia

Conceito Urbano
Cidade rural, rodeada de água

Planeamento Geral
“Ilha Aberta”, com ligação a Hong Kong e Macau

“Ilha Dinâmica”, próspera e propícia para viver e explorar negócios

“Ilha de Sabedoria”, repleta de base de conhecimentos e de informações

“Ilha Ecológica”, economizadora de recursos e amiga do meio ambiente

Meios de Transporte Extremamente Convenientes
A distância entre Hengqin e Macau é de apenas 200 metros. Presentemente, os dois territórios encontram-se ligados por uma ponte. No futuro, o sistema ferroviário ligeiro que liga os dois territórios torna possível um encaixe perfeito.

Por sua vez, a distância entre Hengqin e Hong Kong é de apenas 34 milhas náuticas, o que representa apenas uma hora de barco. Após a abertura da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, a deslocação de Hengqin a Hong Kong o percurso por carro leva apenas de meia hora.

De Hengqin pode deslocar-se facilmente para o aeroporto Internacional de Macau, onde  funcionam diariamente dez carreiras de voo para Taiwan.

Dentro do raio de 100 quilómetros quadrados, existem 5 aeroportos internacionais e domésticos, nomeadamente, os aeroportos de Hong Kong, Macau, Guangzhou, Shenzhen e Zhuhai. Com o avanço dos projectos de transporte, incluindo a Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, o metro ligeiro Guangzhou-Zhuhai, o caminho de ferro Guangzhou-Zhuhai e a Ponte Jinhai, a Ilha de Hengqin está prestes a ornar-se o novo hub de transporte entre a Província de Guangdong, Hong Kong e Macau.

Sistema Aduaneiro Muito Especial
“Administração dividida por Sub-linhas”

“Na primeira sub-linha, o controlo é mais flexível, sendo mais rigoroso na segunda sub-linha. Será feita a separação de controlo na movimentação de pessoas e de mercadorias, sendo o controlo de mercadorias feito de acordo com os respectivos tipos”

Vantagens muito evidentes
Vantagens de posicionamento geográfico:  À curta distância de Macau, separada pelo rio, e de Hong Kong, pelo mar. Graças a sua situação geográfica, Hengqin conta também com o apoio da Região do Delta do Rio das Pérolas, presentemente a região mais próspera do Interior da China.

Vantagens políticas: Hengqin é dotada de avançado sistema económico, passível de articular com Hong Kong e Macau, além de desembaraço aduaneiro muito expedito, políticas fiscais e de tributação das mais preferenciais e de mecanismos institucionais muito inovadores.

Vantagens ecológicas: 90% de terrenos não estão ainda urbanizados. 70% dos terrenos são classificados como áreas com proibição de construção ou de construção limitada. Nas construções, é obrigatório o uso de materiais de construção de baixo carbono. A indústria segue os parâmetros de produção limpa e da economia circular. Acima de 70% da área é constituída por oceano, florestas e zonas húmidas.

Vantagens no tocante a talentos: Estão estabelecidos nos arredores mais de  dez instituições de ensino superior, incluindo a Universidade de Macau, a Universidade de Zhongshan, Universidade de Jinan, Universidade de Jilin, Universidade Normal de Pequim, Hong Kong Baptist College United Internacional Collece (UIC), oferecendo várias disciplinas e cursos, básicos e especializados, para bacharelato, mestrado e doutoramento. Frequentam presentemente nestas instituições de ensino superior mais de 120 mil alunos. Anualmente forma mais de 25 mil graduados.

Políticas especialmente preferenciais
Em 14 de Julho de 2011, o Conselho de Estado aprovou oficialmente a implementação em Hengqin de políticas ainda mais inovadoras que as das outras zonas especiais. Embora tenha começado tarde, Hengqin tornou-se rapidamente numa área especial com características mais especiais que as das outras regiões especiais, sendo esta uma situação ímpar.

Políticas fiscais preferenciais
•As empresas que preencham as condições para estabelecerem em Hengqin, beneficiam de uma redução de 15% nos impostos sobre rendimentos.

•Sistema de gestão do registo das mercadorias que dão entrada na Nova Área de Hengqin, relacionados com a produção. As referidas mercadorias ou são isentas de impostos ou ou são elegíveis para beneficiar de tarifas protecionistas.

•As trocas de mercadorias entre as empresas da Nova Área de Hengqin são isentas de imposto de valor acrescentado e/ou de impostos de consumo.

•Os residentes de Hong Kong e de Macau que trabalham na Nova Área de Hengqin apenas necessitam de pagar impostos sobre o rendimento pessoal auferido, igual ao que pagam em Hong Kong ou Macau.

•Os produtos fabricados no Interior da China vendidos à Nova Zona de Hengqin são considerados como exportações, podendo gozar de bonificação fiscal.

Política ímpar em relação a talentos
Nos mecanismos inovadores de gestão de recursos humanos inovadores, foram introduzidas políticas preferenciais propícios para a captação de talentos, nomeadamente, inovação do sistema de gestão de registos de residência, melhoramento das medidas de suporte e criação de um ambiente social favorável à congregação de talentos.

Políticas financeiras inovadoras
•É permitido às instituições financeiras da Nova Área de Hengqin o estabelecimento de  negócios em moeda estrangeira em regime de off-shore, o desenvolvimento de projecto-pilotos de “Land Trust Fund” e de negócios de conversão de divisas por parte de pessoas singulares. Por outro lado, as empresas podem proceder à liquidação transfronteiriça de “CNY”, com vista a incentivar mais intensamente as instituições financeiras de Hengqin a desenvolver negócios de CNY em regime de off-shore.

•É permitido o estabelecimento ou entrada de instituições fiduciárias para Hengqin, com vista ao estabelecimento de “equity investment fund” (industrial), emissão de fundos de investimento industrial multi-moeda, criação fundo de capital de risco, nutrição de instituições de investimento de capital próprio. É também permitido às instituições financeiras de Hengqin o estabelecimento de gestão global e da inovação do modelo de financiamento às PMEs, estabelecimento de instituições de garantia de crédito às PMEs e instituições de re-garantia, incentivar o desenvolvimento de sociedades de crédito para concessão de facilidades de crédito às PMEs e investimento em empresas de média e pequena dimensões.

•Apoiar às instituições de desenvolvimento e operacionais qualificadas de Hengqin a emitir instrumentos ou títulos de dívida, através do sistema bancário.

•Ênfase na construção de bases para back-office dos serviços back-office, incentivar a criação em Hengqin de back-offices para diferentes tipos de actividades comerciais. Promover o uso do cartão multi-moeda IC em Hengqin.

“Projecto-piloto” do Sistema Jurídico e do Ambiente de Negócios
•Criação de organismos que articulem com o modelo de administração vigente em  Hong Kong e Macau

•Estabelecimento de mecanismos de registo comercial que convirjam com os de Hong Kong e Macau

•Promoção do sistema de arbitragem internacional