A Exposição de Franquia de Macau 2015 (2015MFE, na sigla inglesa), com a duração de três dias, terminou hoje (5 de Julho), sob o signo do êxito. Diversos expositores presentes no evento sublinharam ter obtido resultados bastante positivos durante a edição deste ano, notando que a MFE é uma excelente plataforma para tanto expositores como visitantes explorarem formas de cooperação e oportunidades de negócio. Ao mesmo tempo, a Exposição permite às empresas participantes aumentarem a sua visibilidade, acrescentaram.

Exposição Oferece Acesso a Investidores
A empresa Long Wang Develop House Ltd., que distribui produtos de marcas do Japão, Coreia do Sul, Taiwan e China Continental, foi uma das participantes na 2015MFE. Segundo o Director-Geral, Leo Iu, durante o evento, investidores de Singapura e Macau demonstraram interesse nalguns dos seus produtos.

Ao longo dos três dias da 2015MFE, decorreu uma Demonstração de Produtos Agrícolas e Outros Profutos provenientes da Prefeitura de Oita, no Japão. Masanori Hirakawa, Vice-Director da Divisão para a Promoção do Comércio e Serviços do Governo da Prefeitura de Oita, elogiou a forma como a Exposição foi organizada. Apesar desta ter sido a primeira participação de uma delegação dessa cidade japonesa na MFE, foram estabelecidos contactos com diversos compradores profissionais, nomeadamente do sector hoteleiro e alimentar da China Continental e Macau, referiu o responsável. Caso as conversações tenham um desenlace positivo, poderão dar origem a um elevado volume de negócios, acrescentou Masanori Hirakawa.

Resultados Positivos Trazem Expositores de Volta
Após a participação na edição de 2014 da MFE, mediante apoio do Gabinete de Ligação do IPIM na Cidade de Fuzhou, se ter traduzido em excelentes resultados, com subidas nas receitas, no volume de encomendas e na visibilidade da empresa, a Ningde ZhenHuaTang Handicraft Co., Ltd., proveniente da Província de Fujian, na China Continental, voltou a marcar presença no evento de 2015. Nas palavras da Gerente Wu Binbin, a empresa atraiu novamente vários investidores durante a 2015MFE, alguns dos quais interessados em assegurar os direitos de distribuição dos produtos da Ningde ZhenHuaTang. A responsável afirmou que a MFE é diferente de outras feiras empresariais, visto que oferece aos expositores a oportunidade de participar em vários tipos de negociações, aumentando a sua visibilidade no mercado e expandindo os seus horizontes. Wu Binbin adiantou que a sua empresa pretende voltar a participar na MFE em 2016.

A Onebiz China é uma subsidiária de uma empresa portuguesa e foi estabelecida em Macau após a empresa-mãe ter participado na edição do ano passado da MFE. De acordo com Cláudia Portugal, representante da Onebiz China, um dos principais objectivos do grupo é encontrar um parceiro para as suas marcas ligadas ao sector educacional, existindo já interessados, apesar da complexidade ligada à implementação deste tipo de projectos. Na opinião de Cláudia Portugal, a MFE oferece uma boa plataforma para o grupo Onebiz promover as respectivas marcas. Além disso, acrescentou, a organização disponibiliza diversas iniciativas visando estimular o intercâmbio entre empresas, o que é importante para que os expositores possam encontrar potenciais parceiros.

Expositores Salientam Papel de Macau como Porta de Entrada para o Mercado da China Continental
A Délifrance, conhecida cadeia internacional a operar no ramo alimentar, participou este ano pela primeira vez na MFE. Fabrice Herlax, Director de Marketing para Franquia Internacional, explicou que a participação na MFE permitiu à marca contactar com diferentes investidores e estudar várias oportunidades de cooperação. O gestor disse considerar Macau uma excelente porta de entrada para o mercado do Sul da China, devido às ligações entre as duas regiões. A Délifrance espera poder levar a sua cultura alimentar à China Continental através de Macau, acrescentou Fabrice Herlax.

A empresa de restauração sul-coreana Goodgil Co., Ltd., especializada em sopas tradicionais coreanas e tendo seis restaurantes em operação, também marcou presença pela primeira vez na MFE na edição deste ano, que foi a sua primeira exposição fora do país. Para o Director-Geral, Josh Sungwoo Cho, o resultado final foi positivo, visto que vários participantes demonstraram interesse em cooperar com a empresa – um acordo foi já confirmado. De acordo com o responsável, alguns dos contactos efectuados visam a abertura de restaurantes na província de Sichuan, na China Continental, e em Macau, estando também em discussão a possibilidade de cooperação com uma empresa de Hong Kong. Apesar de Josh Sungwoo Cho estar confiante na qualidade dos seus produtos antes da participação na MFE, o responsável confessou não esperar que as propostas de cooperação começassem a chegar de forma tão rápida. A Goodgil pretende abrir entre cinco a seis restaurantes no exterior da Coreia do Sul ainda este ano, esperando abrir o primeiro em Macau. A empresa, segundo Josh Sungwoo Cho, deve voltar a participar na edição da MFE de 2016.

Masanori Hirakawa, Vice-Director da Divisão para a Promoção do Comércio e Serviços doGoverno da Prefeitura de Oita no Japão, diz que a delegação estabeleceucontactos com diversos investidores durante a 2015MFE

Aempresa Goodgil Co., Ltd. fechou acordos com investidores de Chengdu, na ChinaContinental